(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Medida provisória desobriga publicação de licitações de órgãos públicos em jornais 10/09/2019 às 14h

 

A Medida Provisória 896/2019, publicada nesta segunda-feira (9) no Diário Oficial da União, altera quatro leis para desobrigar órgãos públicos da União, estados, Distrito Federal e municípios de publicar documentos relativos a licitações em jornais de grande circulação. Com isso, a exigência legal de divulgação estará cumprida quando houver publicação em site oficial e no Diário Oficial da União.

 

Pelo texto da MP, poderão ser publicados somente em diário oficial ou na internet avisos de licitação (que contêm os resumos dos editais), chamamento público para a atualização de registro cadastral, convocação de interessados em pregões, minuta de edital e de contrato de parceria público-privada (PPP) e extrato de edital de concorrência sob o Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC).

 

A medida provisória contém ainda um dispositivo que faculta aos estados, Distrito Federal e municípios publicar os documentos em site oficial da União, assunto que ainda será regulamentado pelo governo federal.

 

São alteradas as Leis de Licitação (Lei 8.666, de 1993), do pregão (Lei 10.520, de 2002), das PPPs (Lei 11.079, de 2004) e do RDC (Lei 12.462, de 2011).

 

Antes da medida provisória, que tem validade imediata, todos os documentos eram publicados em jornais de grande circulação do local da licitação e na imprensa oficial.

 

A MP é assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. Em agosto, ele editou uma outra medida provisória (MP 892/2019) acabando com as publicações obrigatórias, em jornais de grande circulação, de atos de empresas de capital aberto (S/A), como convocação de assembleias e avisos aos acionistas. Na ocasião, o governo afirmou que a medida reduziria custos para as empresas.

 

Tramitação

A MP 896/2019 será analisada inicialmente em uma comissão mista de deputados e senadores. É nesta fase que são apresentadas as emendas e realizadas audiências públicas. A relatoria caberá a um senador, ainda a ser indicado.

 

O texto aprovado pela comissão será votado posteriormente nos Plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

 

Da Agência Câmara Notícias

 

Proposições legislativas

 

MPV 892/2019

 

MPV 896/2019

 

Fonte: Agência Senado – 09/09/2019.

 

 




Clipping Portal ABRAS


 

Últimas

» SuperAgos: maior evento supermercadista do Centro-Oeste começa na segunda-feira 19 de Setembro 2019, às 14h
» CCJ deve votar reforma tributária no dia 2 de outubro 19 de Setembro 2019, às 12h
» PGR recorre de decisão do Supremo Tribunal Federal que autorizou terceirização de atividade-fim 19 de Setembro 2019, às 12h
» Governo prepara pacote de medidas para dinamizar mercado de trabalho 19 de Setembro 2019, às 12h
» Por falta de previsão fiscal, comissão rejeita exclusão de tributos de base de PIS e Cofins 19 de Setembro 2019, às 12h
» Servidores do Judiciário gaúcho entram em greve a partir do dia 24 19 de Setembro 2019, às 12h
» Super Feira Acaps Panshow é aberta no Espírito Santo 18 de Setembro 2019, às 17h
» Representantes de bancos, construção civil e comércio discutem reforma tributária 18 de Setembro 2019, às 12h
» Receita acelera projeto de minirreforma para aprovar unificação de PIS e Cofins 18 de Setembro 2019, às 12h
» Funcionários dos Correios suspendem greve 18 de Setembro 2019, às 12h

Ver mais »