(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Governo corta 21 mil cargos e gratificações 14/03/2019 14:25:39

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O governo federal publicou nesta quarta-feira (13) decreto que extingue 21 mil cargos, funções comissionadas e gratificações no serviço público federal.

 

Com o corte, a economia anual para os cofres públicos é estimada em R$ 195 milhões. A medida faz parte do pacote de metas para os primeiros 100 dias de governo do presidente Jair Bolsonaro.

 

Na prática, a maior parte dos cargos extintos não vai gerar demissão de trabalhadores. Isso porque muitas vagas são uma espécie de adicional pago ao servidor público que passa a exercer determinada função.

 

De acordo com o decreto, publicado no Diário Oficial da União, eventuais ocupantes das vagas ficam automaticamente dispensados ou exonerados.

 

O governo não informou qual o número de postos que já estava desocupado. O documento também não traz exatamente as áreas atingidas pelos cortes.

 

Hoje, a administração federal tem cerca de 120 mil cargos em comissão, funções e gratificações. O decreto estabelece a extinção de 17,5 mil postos. Desse total, 5.100 serão eliminados imediatamente. Outras 12,4 mil deixarão de existir em 31 de julho.

 

O texto ainda barra ocupação de outras 3,5 mil vagas na administração federal -1.500 de imediato, 2.000 em 30 de abril e outras 4.000 em 31 de julho.

 

Fonte: Zero Hora – 13/03/2019.

 

Acesse aqui a íntegra do Decreto nº 9.725, de 12 de março de 2019, publicado no Diário Oficial da União em: 13/03/2019, edição: 49, seção: 1 e página: 4.

 




Clipping Portal ABRAS


 

Últimas

» Convenção ABRAS: Rogério Marinho fala da relevância da Reforma da Previdência 21 de Março 2019, 16h17
» STF forma maioria para aplicar o IPCA-E em correção monetária desde 2009 21 de Março 2019, 12h52
» TST adia revisão de jurisprudência para adequação à reforma trabalhista 21 de Março 2019, 12h51
» CCJ define as primeiras audiências públicas sobre a PEC da Previdência 21 de Março 2019, 12h50
» TJ-SP anula auto de infração por creditamento indevido de ICMS 21 de Março 2019, 12h49
» STJ – Informática e telefonia terão interrupções neste sábado (23) 21 de Março 2019, 12h48
» O omnichannel na prática é o futuro, diz, Peter Estermann em painel na Convenção Abras 20 de Março 2019, 16h29
» Juiz de Belo Horizonte nega pedido para suspender MP da contribuição sindical 20 de Março 2019, 15h00
» Isenção de contribuição previdenciária vale quando plano complementar é restrito 20 de Março 2019, 14h58
» Receita Federal publica norma sobre a CPRB 20 de Março 2019, 14h57

Ver mais »